Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

SINDROD

ILHÉUS: MINISTÉRIO PÚBLICO RECOMENDA ANULAR ATO DE CESSÃO DE IMÓVEL ONDE FUNCIONARIA O CENTRO DE TESTAGEM PARA O SINDROD

O prefeito de Ilhéus foi recomendado pelo Ministério Público estadual a anular o ato de cessão do imóvel que seria destinado ao funcionamento do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e do Programa de Atenção Integral às Pessoas com Anemia Falciforme (APEDFI) ao Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Ilhéus (Sindrod).

A recomendação, expedida no dia 23 pelo promotor de Justiça Pedro Paulo de Paula Vilela Andrade, orienta ainda o gestor a, num prazo de 90 dias, promover as adequações necessárias para regular o funcionamento da edificação.

Segundo a recomendação, que levou em consideração um relatório de auditoria proveniente da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), as instalações da edificação, que foi cedida para a Prefeitura de Ilhéus pelo Juizado de Defesa do Consumidor, precisariam passar por uma reforma, autorizada desde 2011, para permitirem o funcionamento adequado do CTA e do APDEFI.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: EMPRESA SÃO MIGUEL CONTINUA PENDENTE COM RODOVIÁRIOS, AFIRMA PRESIDENTE DO SINDROD

Em entrevista ao programa Impacto, da Boa FM, apresentado pelo jornalista Oziel Aragão e comentado por Andreyver Lima e Lavínia Sizinio, o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna (Sindrod) Arlessen Nascimento disse que os ex-funcionários ainda não receberam as verbas rescisórias por parte da empresa, que já não trafega na cidade desde 2019.

Arlessen ainda disse que alguns dos rodoviários, pela necessidade de se alimentar, estão pegando carrego para poder fazer a feira no final do mês. Procurada pela redação do iPolítica, a empresa não se manifestou até o momento desta publicação.

Leia mais...

ITABUNA: PREFEITURA FEZ OS RODOVIÁRIOS DE PALHAÇOS, AFIRMA PRESIDENTE DO SINDROD

Uma reunião com os movimentos sociais e advogados aconteceu nesta quarta-feira (26) no Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna – SIMPI. A pauta discutida foram os atos contra aumento da passagem do transporte público na cidade. Segundo informações apuradas pelo iPolitica, a prefeitura, por meio de relatório jurídico emitido pelo Procurador Luiz Fernando Guarnieri, afirmou que o levantamento feito pela Arsepi – Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Itabuna estabeleceu que o aumento fosse de 0,12 centavos. A questão é que a prefeitura ainda não emitiu um decreto regulamentando o aumento.

A notícia do recuo não foi bem recebida pelos rodoviários. Em entrevista ao iPolítica, Arlensen Antero, presidente do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna – Sindrod, disse que a greve poderá voltar nesta sexta-feira (28). “Me disseram que sem o aumento da tarifa as empresas não vão reajustar o salário e o tíquete dos rodoviários. Isso nos obriga a voltar pra greve, que poderá começar já nesta sexta”, disse Arlensen.

Indignado com o posicionamento da prefeitura, Arlensen diz que a prefeitura fez a classe de palhaço. “Houve falta de palavra do prefeito e do procurador que não cumpriram o tratado, nos fizeram de palhaços, terminamos a greve e eles simplesmente ganharam tempo.”

Leia mais...