Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Sintepav

NOVA DIRETORIA DO SINTEPAV TOMA POSSE NESTA SEXTA-FEIRA

A nova diretoria do Sintepav-BA eleita para o mandato 2022-2026 toma posse nesta sexta-feira (27). A entidade será presidida por Irailson Warneaux (Gazo) que foi reconduzido ao cargo.

Também serão empossados o vice-presidente Emerson Gomes e os demais membros da Diretoria Executiva, do Conselho Deliberativo e do Conselho Fiscal, totalizando 24 dirigentes.

A cerimônia de posse acontece às 15h, no Salvador Business & Flat e contará com a presença de sindicalizados e de outras entidades sindicais.

Leia mais...

TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO PESADA LANÇAM CAMPANHA SALARIAL 2022 NA OBRA DO METRÔ DE SALVADOR

Os trabalhadores da Construção Pesada, representados pelo Sintepav Bahia lançam na quarta-feira (16), a partir das 07h, no canteiro obras do Tramo 3 do metrô, localizado no bairro de Águas Claras em Salvador, a Campanha Salarial 2022 da categoria que tem o mote “Emprego, Direitos, Democracia e Vida”. O lançamento da Campanha Salarial 2022 contará com forte mobilização e irá ocorrer através de assembleia realizada com os mais de 700 trabalhadores da obra do metrô.

O Sintepav Bahia representa os trabalhadores das obras de parques eólicos, parques solares, barragens, aeroportos, ferrovias, terraplanagem, entre outras de grande relevância para o desenvolvimento da Bahia. Assim, a categoria estará mobilizada em todo estado na busca pela garantia e ampliação dos direitos.

Dessa forma, neste momento em que a Bahia realiza melhorias na mobilidade urbana, através da ampliação do metrô de Salvador, construção do BRT, a consolidação de novas matrizes enérgicas com obras de parques eólicos e linhas de transmissão e a integração econômica via Ferrovia e Porto Sul, o Sintepav Bahia que representa os trabalhadores dessas áreas, estará empenhado na realização de uma negociação com o sindicato patronal – Sinicon, que preserve a vida e os interesses da Bahia e do Brasil.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – Dieese, nos últimos dois anos a inflação no Brasil, teve alta na taxa acumulada em 12 meses, como resultado da elevação dos preços dos alimentos, transporte e habitação, impactando diretamente a vida dos trabalhadores. No momento em que o Brasil enfrenta problemas decorrentes da crise política, econômica e sanitária que assolam a população, somente com a manutenção dos direitos e empregos, será possível ampliar os níveis de desenvolvimento no país.

O Sintepav Bahia almeja uma agenda de negociação que seja distributiva da riqueza e que valorize socialmente o trabalho. Entendemos o nosso papel e desejamos uma negociação justa, equilibrada e que resulte no avanço do direito. Confira as Principais Reivindicações Reajuste Salarial de 12%; Cesta básica R$ 500,00; Horas extras 100% aos sábados; PLR (Participação nos Lucros ou Resultados); Assistência Médica; Segurança e Saúde no Trabalho

Confira as Principais Reivindicações • Reajuste Salarial de 12%; • Cesta básica R$ 500,00; • Horas extras 100% aos sábados; • PLR (Participação nos Lucros ou Resultados); • Assistência Médica; • Segurança e Saúde no Trabalho

Leia mais...

SINTEPAV BA EXIGE DA EMPRESA TABOCAS A INTENSIFICAÇÃO DAS MEDIDAS DE SEGURANÇA PARA PRESERVAÇÃO DA SAÚDE DOS TRABALHADORES

O Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia (Sintepav BA) tem adotado uma série de medidas desde o início da pandemia reconhecida pela Organização Mundial da Saúde – OMS no que se refere a Covid-19 (coronavírus), com o objetivo de preservar a vida, saúde, segurança e os empregos dos trabalhadores.

Diante do surgimento dos casos de covid-19 que atinge 169 trabalhadores na obra da Linha de Transmissão realizada na cidade de Itapetinga pela empresa Tabocas, o sindicato exigiu da empresa, o acompanhamento médico dos trabalhadores que estão nos alojamentos com o monitoramento de cada um dos casos, fornecimento de medicações que combatam os efeitos causados pelo coronavírus, alimentação adequada, além de acompanhamento psicológico.

O Sintepav BA intensificou a agenda de reuniões com as empresas sobre as políticas de segurança, ações de higienização nos canteiros de obras, exigência de testagem em massa dos trabalhadores e o afastamento imediato dos funcionários que tiveram contato com os trabalhadores que testaram positivo para a covid-19 sem comprometimento dos salários.

Desde a confirmação dos primeiros casos de coronavírus no Brasil, antes mesmo da existência dos protocolos de segurança emitidos pelos governos estadual e municipal, o sindicato através da Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho (SSST) da instituição, já havia encaminhado para todas as empresas do segmento da construção pesada, ofícios com medidas para diminuir os riscos de contágio do coronavírus nos canteiros de obras e frentes de serviços, com orientações para disponibilização de álcool em gel, estruturas de limpeza com água corrente, sabão e a proibição de aglomerações.

O sindicato a partir do compromisso com a categoria realizou medidas que consideram primeiro a saúde , a vida e os empregos dos trabalhadores. Nesse sentido, adotou uma mesa permanente com os Governos (Estadual e municipais) e as empresas para debater os seguintes pontos:

Comissão de monitoramento conjunto do quadro epidemiológico das cidades/obras, envolvendo ainda as áreas de saúde; Implantação da Mesa Permanente (Governos Estaduais, Municipais, Empresas e Sindicato) para avaliação das condições dos trabalhadores nas empresas;

Estabelecimento de transporte próprio das empresas para o deslocamento dos trabalhadores nas obras;

Refeitórios com dilatação de horário para refeições, diminuindo o fluxo de modo a garantir um menor número de trabalhadores no café da manhã e no almoço;

Concessão de equipamentos de proteção, como álcool em gel, estruturas de limpeza com água corrente, sabão e toalha de papel, entre outros;

Liberação imediata dos trabalhadores incluídos no grupo de risco (60 anos, com doenças crônicas, grávidas, etc) sem prejuízos de seus salários. Readequação dos alojamentos.

Leia mais...