FICC
Shopping
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

TCU MANTÉM INDISPONIBILIDADE DE BENS DE DILMA ROUSSEFF

Ex-presidente, outros ex-conselheiros de administração e ex-diretores da estatal foram condenados a ressarcir a companhia em R$ 1,9 bilhão

A ex-presidente Dilma Rousseff recorreu ao Tribunal de Contas da União (TCU) na tentativa de reverter a indisponibilidade de bens que foi imposta a ela, a outros ex-conselheiros de administração e a ex-diretores da Petrobras no processo que apontou prejuízos à Petrobras na compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Não conseguiu, segundo a coluna expresso da revista época ficando mantido o bloqueio. O relator do caso é o ministro Vital do Rêgo, investigado na Lava Jato.

A Corte de Contas concluiu que os envolvidos devem ressarcir a estatal em R$ 1,9 bilhão. Entre os implicados, estão Dilma, o ex-ministro Antonio Palocci e o ex-presidente da estatal Sérgio Gabrielli.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.