Serra Grande
Ieprol
Ubaitaba Inst novo
Buerarema
URUÇUCA

UNA: SEM ANTIALÉRGICO NO HOSPITAL, MÃE TEVE QUE COMPRAR MEDICAMENTO NA FARMÁCIA

A falta de medicamentos e suporte básico causa transtornos desagradáveis à pacientes e familiares que necessitam da saúde pública em geral. Dessa vez a vítima foi uma criança que teve uma reação alérgica após comer um peixe.

Segundo relatos de Chamares Alves, mãe da criança, ela procurou o Hospital em Una após perceber as reações em seu filho. Chegando na unidade hospitalar a mãe teve uma grande ‘surpresa’, o antialérgico que seu filho necessitava, teria que ser comprado por ela em uma farmácia, já que no Hospital não tinha.

Revoltada, a mãe utilizou as redes sociais para desabafar e expor a realidade em que se encontra a saúde pública em Una. “E se eu não tivesse os R$ 30 do medicamento, o que eles iriam fazer, levar meu filho pra Ilhéus?”, questionou.

1 comentário
  1. Rafaela Celestrini Diz

    Me chamo Rafaela Celestrini (Farmacêutica HMFS) e convido a pessoa a conhecer nossa farmácia hospitalar que apresento nosso estoque físico e virtual de medicamento e material. Essa informação que foi dada para a mãe do paciente esta equivocada e estou a disposição para maiores informações.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.