MALHADO
NATAL TAUAN
ISRAEL NATAL
Pref ilheus novembro
uruçuca novo
Plansul
Buerarema
Ieprol

URUÇUCA: PREFEITURA ATUALIZA ESTRATÉGIA DE VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19

A Prefeitura de Uruçuca, por meio da Secretaria Municipal de Saude anunciou na noite desta quarta-feira, 17, pelos seus canais oficiais, a atualização da estratégia de vacinação contra o novo coronavírus, atendendo a nota técnica divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia.

De acordo com a nota técnica, tendo em vista a reemergência da Covid-19 observada em alguns países europeus, bem como pesquisas científicas que apontam uma queda na resposta imune, principalmente a partir do quinto mês após a segunda dose, destaca-se que o intervalo para apicação para dose de reforço será alterado, reduzindo-se de seis para cinco meses. Esta recomendação vale para todos os imunizantes utilizados na campanha de imunização.

Com a atualização, a partir desta quinta-feira, 18, a terceira dose, também chamada de dose de reforço, será aplicada no público geral com 18 anos ou mais que já tenha completado 5 meses completos desde a aplicação da segunda dose de qualquer marca de vacina. Confira abaixo detalhadamente como ficará a vacinação nos centros de vacinação do município:

1. Aplicações de primeira dose:

Seguem ocorrendo normalmente as aplicações de primeira dose. No público com 12 a 17 anos completos o imunizante administrado é, por recomendação do Ministério da Saúde, Pfizer. No público com idade igual ou superior a 18 anos, a vacina administrada é, conforme estoque, Coronavac.

2. Aplicações de segunda dose:

Também seguem ocorendo normalmente as aplicações de segunda dose. Com exceção para vacina da marca Pfizer, a segunda dose passa a ser administrada com 8 semanas (dois meses) após a aplicação da primeira dose. O prazo anterior era de 12 semanas (três meses). Para as demais marcas (Coronavac e Astrazeneca) a segunda dose permanece ocorrendo na mesma data aprazada no cartão de vacina.

3. Aplicações de terceira dose (dose reforço):

Passará a ser aplicada no público geral com 18 anos ou mais que tenha completado cinco meses da aplicação da segunda dose de qualquer marca de vacina utilizada na campanha de imunização. No caso de pacientes imunossuprimidos, a dose de reforço será administrada 28 (vinte e oito) dias após a aplicação da segunda dose. Pacientes acamados poderão receber a vacina em domicílio, basta realizar o agendamento entrando em contato com a Secretaria Municipal de Saúde ou com a Unidade de Saúde da Família (USF) do bairro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.