AACRRI
Plansul
Buerarema
Ieprol

IBIRAPITANGA: GRAVES DENÚNCIAS PODEM LEVAR AO AFASTAMENTO DO PRESIDENTE DA CÂMARA

Do Ubaitaba Urgente

O retorno dos trabalhos legislativos promete ser tenso na cidade de Ibirapitanga. Desde a segunda metade do ano passado, a presidente da Câmara, Marlene de Jalmir (PSD) tem sido alvo de denúncias junto ao Ministério Público (MP) e Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), as quais se concentram, basicamente, em supostas fraudes na execução de contratos, consistente na declaração de prestação de serviços inexistentes.

A redação do UBAITABA URGENTE teve acesso exclusivo a alguns dos procedimentos e foi possível constatar o que as conversas de bastidores dizem: o afastamento da presidente é iminente. Isso porque em duas das denúncias, que tratam sobre superfaturamento das reformas efetuadas no prédio da Câmara (veja denúncias aqui e aqui), foi efetuada visita técnica por órgão vinculado ao MP, com a finalidade de apurar o gasto da vultosa quantia de R$ 600 mil para construção de um anexo de aproximadamente 30 m² e troca de piso e forro do piso superior da Câmara, onde se pretendo instalar o Plenário.

Ainda segundo os procedimentos consultados junto ao MP, foi possível apurar que ao menos duas denúncias foram feitas pelos vereadores Cosminho (UB), Drº Júnior (PP) e Drº Lamarque (PDT), enquanto no TCM, constam duas denúncias feitas pelo último vereador, as quais podem, inclusive, deixar a Presidente inelegível caso implique no julgamento das suas contas pelo referido Órgão antes do prazo para registros de candidatura.

Lembrando que a Câmara de Vereadores não vota contas do respectivo Presidente, cabendo somente ao TCM dizer sobre sua regularidade. Tentado contato com os envolvidos, até o fechamento da matéria não obtivemos retorno da Presidente Marlene e do vereador Drº Junior.

O vereador informou que se pronunciará após o final das investigações por parte do Ministério Público, enquanto o vereador Drº Lamarque confirmou o conteúdo das denúncias, e se colocou à disposição do UBAITABA URGENTE para eventuais esclarecimentos. As investigações seguem a cargo da Dra. Susila Ribeiro Machado, Promotora de Justiça em exercício na Comarca de Ubatã.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.