Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile

NO PODCAST CAFÉ IPOLÍTICA, AZEVEDO MANDA RECADO PARA PANCADINHA: “CONTINUE COMO DEPUTADO”

Se tem um pré-candidato a prefeito que está com o espírito e os sentimentos num tom de leveza e cordialidade para o pleito eletivo de 2024, esse pré-candidato é o Capitão Azevedo (UB), que tenta chegar pela segunda vez ao comando do Centro Administrativo Firmino Alves, de Itabuna. Azevedo concedeu entrevista ao Podcast Café iPolítica, com Ricky Mascarenhas e Naty Almeida, na noite desta quinta-feira, 18/04.

Bancada do Podcast Café iPolítica (Foto Eric Souza/iPolítica)

Comentou sobre o desembarque recente ao União Brasil, após decisão do seu antigo partido, o PDT, de alijar sua pretensão de prefeiturável em favor do médico, Dr. Isaac Nery.

O pré-candidato relembrou dos projetos desenvolvidos em sua gestão, de 2009 à 2012, entre os quais destacou a cobertura do Canal do Lava-pés, na Avenida Amélia Amado, Programa “Ei, Mamãe”, o Bolsa Renda Municipal e a Escola Municipal de Trânsito (EMTRAN).

Ricky Mascarenhas, Capitão Azevedo é Naty Almeida (Foto: Vini Santana/iPolítica)

Falou de como aconteceu sua aproximação com o ex-prefeito Fernando Gomes (in memorian), de quem foi vice entre 2005 e 2008, de secretariado municipal caso seja eleito, do que o motiva à uma nova eleição e de como enxerga cada um dos seus adversários, visão extremamente positivista, muito embora tenha destacado que, em relação ao desejo do deputado estadual Fabrício Pancadinha (Solidariedade) de também se tornar prefeito, aconselhou que termine o mandato para o qual foi eleito pelo povo do Sul da Bahia, tente uma reeleição e construa as bases de sua história política, especialmente por ser jovem.

Ao comentar sobre a possível troca de prefeitos em Itabuna, saindo o atual Augusto Castro (PSD) para um outro que tenha uma visão administrativa mais aguçada, ainda destacou que não se pode tirar um prefeito “apenas por tirar”. “É preciso colocar alguém que tenha experiência”, disse logo no início da entrevista, destacando que, sobre Castro, que tentará reeleger-se, enxerga nele muito mais um político com perfil de legislador do que de chefe do Poder Executivo.

Além de Augusto Castro e Fabrício Pancadinha, Azevedo analisou ainda os nomes do médico Isaac Nery (PDT), do empresário Neto Badaró (PP), do engenheiro Chico França (PL), do Pastor Elias Fernandes (AGIR) e até o do ex-prefeito e ex-deputado, Geraldo Simões (PT), cujo imbróglio petista não permite atestar, ainda, se será candidato ou se o seu partido apoiará o atual prefeito.

A entrevista completa com o Capitão Azevedo já está disponível no canal oficial do iPolítica no You Tube, o iPodcasTV, pelo qual o podcast mais quente da região entra no ar ao vivo, todas as quintas às 19h30min com o apoio da Soluz, Colégio Ieprol, do Supermercado Leal, Leal Classic Hotel, UNEX – Universidade de Excelência, Fabricante e Distribuidora de Bebidas Coroa, Energético Bad Wolf e Boteco Gaúcho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.