Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile

ITABUNA: EX-SECRETÁRIO DE SAÚDE NÃO EMPLACA DOIS MESES, MAS DEIXA PROCESSOS DE AUDITORIA A SEREM INVESTIGADOS

Deivis Guimarães, esse é o nome do terceiro secretário de saúde de Itabuna, nesta gestão. Vindo de terras capixabas, era considerado como o salvador da pátria mas não conseguiu emplacar dois meses no cargo, mesmo tendo, inclusive, carta branca do prefeito Fernando Gomes, para gerir a pasta sem ser incomodado. Hoje, 26, ele entregou seu pedido de exoneração ao prefeito. Alegou motivos pessoais, um problema de saúde que envolve seu filho de seis anos, motivo apresentado para sua ausência por mais de uma semana da secretaria. (Relembre), mas deixou diversos processos de auditoria, abertos por ele, visando encontrar possíveis irregularidades nas gestões de seus antecessores. Mas, o fato é que Deivis não agradou e passou longe de ser um salvador da pátria. Uma fonte ligada a gestão, disse ao blog que ele conseguiu ser unanimidade negativa entre os funcionários, contratados ou comissionados e até mesmo entre as empresas que prestam serviço à secretaria de saúde. A greve dos funcionários do Instituto Bom Jesus, empresa responsável pela gestão da Unidade de Pronto Atendimento – UPA do Monte Cristo, corte nos salários dos funcionários, cotas de exames que despencaram, falta de medicamentos e por fim, a famigerada portaria, orientando a regulação dos serviços ambulatoriais de ortopedia que passou a vigorar em 13 de junho, tudo isso foi depositado na conta do ex-secretário. Saiu com saldo devedor. Conforme o iPolítica antecipou, Isaac Nery assume a secretaria de saúde do município já com a carga de ser o quarto titular da pasta em pouco mais de 18 meses de gestão, sendo que os seus antecessores deixaram suas funções sem conseguir colocar a saúde pra funcionar de forma digna, promessa de campanha do então candidato, Fernando Gomes. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.