FICC
Shopping
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

SANTA CASA DE ITABUNA ALERTA SOBRE O PERIGO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

O Brasil registra 41 mil novos casos de câncer de cabeça e pescoço, que causa cerca de 10 mil mortes por ano, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA). O consumo de álcool e o tabagismo são os maiores causadores dos tumores.

O hábito de beber e fumar pode multiplicar em até 20 vezes a possibilidade de uma pessoa desenvolver a doença, segundo dados da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC). De acordo com especialistas, entre as armas para combater o câncer estão a informação correta e diagnóstico precoce da doença.

Para melhor orientar a população sobre as medidas que podem ajudar a evitar os tumores, foi criado o Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço. A data é celebrada em 27 de julho. No sul da Bahia, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna abre nesta terça-feira (13), a programação do Julho Verde, que será promovido conjuntamente com o Julho Bordô. Este último para orientar sobre os sintomas e tratamento das mucosites orais, que são inflamações na boca e garganta (feridas).

Promovidas pela Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), as atividades serão realizadas em dias alternados nos hospitais Calixto Midlej Filho (HCMF) e Manoel Novaes (HMN). Nesta terça-feira, a partir das 9h, na sala de espera do Centro de Radioterapia, do HMN, haverá distribuição de laços da campanha e apresentação da equipe multiprofissional, com orientações da assistente social Maria Vitória Cunha, a dentista oncológica Thais Barreto e a enfermeira Erika Mascarenhas. Essas mesmas ações serão realizadas na quarta-feira (14) na unidade de Quimioterapia, do HCMF, às 9h.

Consumo Excessivo De Bebidas Alcoólicas E Tabagismo

A programação nas unidades de Radioterapia e Quimioterapia prossegue até o final do mês e inclui orientações sobre combate, detecção precoce e prevenção do câncer de cabeça e pescoço e palestras sobre os cuidados bucais e tratamento da mucosite oral, além de uma live mediada pelo provedor da SCMI, Francisco Valdece, com participação do médico Lincoln Ferreira Warley e supervisora do serviço de oncologia da SCMI, a enfermeira Sayara Aragão.

O diretor técnico da Unidade de Radioterapia da SCMI, Eric Santarém, explica que parte dos tumores ocorre por causa do consumo excessivo de bebidas alcoólicas e tabagismo. Entre os sinais do câncer de cabeça e pescoço estão ferida na boca com demora de cicatrização, rouquidão e nódulo no pescoço.

Eric Santarém alerta que 70% dos pacientes com tumores de cabeça e pescoço já iniciam o tratamento tarde, o que dificulta a cura, porque a maior chance de sucesso ocorre quando a doença é descoberta precocemente. Ele observa que, além de tabagismo e bebidas alcoólicas, os tumores de cabeça e pescoço estão relacionados a drogas ilícitas, colocação imperfeita de próteses dentárias e falta de higiene.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.