COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Plansul
Ieprol
Navegação na tag

Professor Max

“A BAHIA TEM QUE DAR UM BASTA NO PETISMO E NO CARLISMO”, DIZ PRESIDENTE DO PSOL PROFESSOR MAX

O professor Max, do Psol, foi o entrevistado desta quinta-feira (10) no programa Oito em Ponto. Candidato a deputado estadual em 2018 e a prefeito em 2020, o professor agora vem sendo sondado pelo partido para concorrer a vaga ao Senado Federal nas próximas eleições.

Com visões técnicas, Max fez críticas voltadas para saúde e educação no município de Itabuna. Ele disse que ainda é cedo para cobrar dos secretários e do prefeito os resultados, mas que poderia ter tomado ações como a exoneração de um servidor, o qual ele citou o nome na entrevista, e a tirada dos ‘Fernandistas’ do governo.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: DIRETORIA ESTADUAL DO PSOL SONDA PROFESSOR MAX PARA CANDIDATURA AO SENADO

O Partido Socialismo e Liberdade – Psol, na Bahia tem sondado o nome de Ademaques dos Santos, Professor Max, para concorrer a vaga de Senador nas eleições em 2022.

Max concorreu em 2018 ao cargo de deputado estadual em 2018 e obteve 4.329 votos. Já em 2020, quando concorreu à prefeitura, Max obteve 736 votos.

Em conversa com o iPolítica, ele disse que está aberto a possibilidade e que sempre vai estar à disposição do partido. “O que o partido decidir, senado ou deputado federal, eu estarei a disposição”, disse.

Leia mais...

ITABUNA: “NÃO SE PODE TROCAR DE SECRETÁRIO COMO SE TIVESSE TROCANDO DE ROUPA, COM A SAÚDE NÃO SE BRINCA”, DIZ PROFESSOR MAX EM ENTREVISTA

Seguindo a sequência das entrevistas com os candidatos à prefeito e vice-prefeito de Itabuna, o professor Max e o radialista Ciro Sales, ambos do PSOL, foram os segundos entrevistados desta terça-feira, 27. Conduzido e apresentado pelo jornalista Ricky Mascarenhas, a entrevista tratou de diversos temas voltados ao município de Itabuna.

Cultura, educação e saúde foram os assuntos mais focados pelos candidatos, que apresentaram suas propostas e metas de gestão. No tocante ao saneamento básico, Max e Ciro disseram que é necessário um estudo técnico antes de asfaltar qualquer rua, viabilizando assim um melhor investimento dos recursos aplicados. “Não adianta dizer que vai colocar asfalto sem antes chamar técnicos, para que possamos elaborar primeiro um plano de ações voltados para o saneamento básico”, disse Max.

Sobre os esgotos, Ciro disse que Itabuna necessita de uma macrodrenagem nos canais a céu aberto. “Itabuna precisa urgente de macrodrenagem, a questão dos nossos canais abertos, é uma vergonha, em plena feira do São Caetano, na feira do bairro de Fátima. É terrível ver pessoas morando ao lado do canal”, disse Ciro.

Já na área da saúde, os candidatos pontuaram os erros da gestão e apresentaram metas para serem aplicadas caso eleitos. “Vamos valorizar você, servidor público, a porta de entrada são vocês agentes de endemias. Transparência total dos recursos públicos, Itabuna é uma cidade polo, não se pode trocar de secretario como se troca de roupa, não se brinca com a saúde das pessoas. Idosos, gestantes enfrentar filas quatro horas da manhã isso é um absurdo”, disse Max.

Veja a entrevista completa:

Leia mais...

“PRECISAMOS ACABAR COM A CORRUPÇÃO EM ITABUNA”, DIZ PROFESSOR MAX EM ENTREVISTA

Dando continuidade a rodada de entrevistas com os pré-candidatos à prefeito de Itabuna, promovida pelo blog iPolítica em parceira com o programa Bom Dia Bahia, da rádio Difusora AM, o entrevistado desta segunda-feira (20) foi o professor Max (PSOL).

A entrevista, apresentada pela Jornalista Lane Fosneca e mediada pelos jornalistas Ricky Mascarenhas e Ederivaldo Benedito (Bené), foi considerada bastante entretida. Max foi questionado sobre diversos temas que envolvem a administração pública do de Itabuna. Sobre o motivo de ter lançado sua pré-candidatura, Max disse que Itabuna virou “uma vila de Vitória da Conquista, um bairro de Feira de Santana e agora está virando uma praça de Juazeiro”, referindo-se, segundo ele, a falta de gestão no município nos últimos 30 anos.

Max relatou uma situação, onde uma de suas alunas recebeu a notícia da morte de seu primo, assassinado por conta da criminalidade. “Eu não quero ver essa juventude como está hoje. Foram 28 ex-alunos que já vi ser enterrado”, disse Max.

O professor disse também que, apesar de estar há 30 anos na sala de aula atuando, ele não deixou de notar os problemas que rodeiam o município. “Eu enxergo o problema há muito tempo. Sempre estive lutando em minha área”, disse. Max ainda completou dizendo que a maioria da população está desacreditada da política. “A maioria das pessoas está desacreditada da política, não quer ouvir falar”, enfatizou.

Temas como desigualdade social, responsabilidade ambiental, violência e comércio foram debatidos na entrevista. O professor disse que o início de uma boa gestão, começa ouvindo as necessidades dos servidores e das secretarias. “São um conjunto de ações que fazem uma boa gestão. Precisamos ouvir os servidores e as secretarias, para resolver as necessidades apresentadas. Precisamos acabar com o monopólio em Itabuna, precisamos acabar com a corrupção”, disse.

A rodada de entrevistas recebe nesta terça-feira a vereadora e pré-candidata a prefeita pelo MDB, Charliane Sousa. A entrevista será transmitida às 19h, pelo canal do YouTube do iPolítica.

Veja a entrevista de Max na íntegra:

Leia mais...