COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Plansul
Ieprol

ITABUNA: HOSPITAL BEIRA RIO REALIZA CIRURGIA INÉDITA ENDOSCÓPICA DA COLUNA CERVICAL

Uma cirurgia inédita no Sul e Sudoeste da Bahia foi realizada no Hospital Beira Rio em Itabuna. A primeira Cirurgia Endoscópica da Coluna Cervical, foi executada numa mulher que tinha problemas de compressão da medula e raízes nervosas que transitam no interior da coluna cervical. A enfermidade provoca dores intensas e perda da função motora e sensitiva, com risco de evolução progressiva.

A equipe responsável pela cirurgia foi formada pelos profissionais de enfermagem e equipe anestésico-cirúrgica, com a coordenação do neurocirurgião endoscopista Dr. Cleber Candido da Silva Júnior. O procedimento cirúrgico é uma intervenção minimamente invasiva, na qual a coluna cervical é acessada através de uma cânula de poucos centímetros, dotada de câmera endoscópica e com canais de trabalho por onde atravessam os instrumentos cirúrgicos, com incisão na pele de menos de 1 cm. As imagens do sítio cirúrgico e estruturas internas são exibidas em monitor e o neurocirurgião endoscópico tem o controle de todo o ato de maneira direta.

Avanços Tecnológicos

O Dr. Cleber Candido destaca que “as principais vantagens da técnica, existente e consagrada há décadas nos grandes centros médicos do mundo e disponível na nossa região, se referem a mínima lesão nos tecidos orgânicos alvos, estruturas circunvizinhas, menor sangramento, menor risco de infecção, tempo de hospitalização e de recuperação curto”. O médico, com formação neurocirúrgica em grandes Centros do Brasil e na Alemanha, e pós-graduado em Endoscopia da Coluna Vertebral pela USP – Ribeirão Preto, destaca ainda que “os procedimentos endoscópicos sobre a coluna lombar já são rotina pela nossa equipe e esta semana finalmente, depois de minucioso planejamento e preparo, foi realizado pela primeira vez, sobre a coluna cervical, região de maior eloquência funcional e de risco”.

“Este feito na história da medicina regional só foi possível pelo envolvimento e comprometimento multiprofissional de toda a equipe do Hospital Beira Rio. Não é o trabalho de uma pessoa só. Este avanço científico tão somente reafirma a posição de vanguarda da nossa região no cenário científico encontrado nos melhores centros nacionais e fora do Brasil, disponibilizando-o para a nossa população”, disse o médico,

“Num momento de adversidade por que a região passa, de recomeço depois da tragédia das enchentes, este marco científico é emblemático para confirmar que o trabalho competente alimenta a esperança em dias melhores, tão necessitados por Itabuna e região” concluiu o Dr. Cleber Candido.

A paciente teve alta em menos de 24 horas, sem nenhum sintoma pós cirúrgico

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.