Encanthé
Shopping
Ubaitaba Inst novo
Charliane
URUÇUCA
Vidro Tech
Navegando pela Categoria

Política

ILHÉUS: MARÃO TEM CONTAS DE 2017 APROVADAS PELO TCM

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aprovou as contas do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre de Sousa, relativas ao exercício de 2017, nesta terça-feira (18), com parecer favorável do Ministério Público de Contas. Desde o ano de 2000, quando foi sancionada a Lei de Responsabilidade Fiscal, os prefeitos anteriores a esta gestão sofreram sucessivas derrotas no TCM. Por isso, a aprovação das contas evidencia uma importante vitória para o prefeito Mário Alexandre.  A última aprovação de contas de um gestor de Ilhéus pelo TCM ocorreu em 2015.

De acordo com a prefeitura de Ilhéus, a Controladoria-Geral do Município, responsável pela coordenação das atividades de controle interno, teve sua estrutura administrativa reorganizada e passou a responder pelas atividades relativas à transparência, acesso à informação e ouvidora, antes vinculadas à Secretaria de Administração. Além disso, o prefeito investiu também no fortalecimento da Procuradoria Geral do Município

O prefeito comemorou a vitória da sua gestão pública. “Nós colocamos Ilhéus no caminho certo, e estamos trabalhando para que o município esteja sempre entre os que mais aprovem contas na Bahia. ´Quero agradecer de coração a toda a equipe, que conseguiu avançar, apesar de ter encontrado uma cidade muito desorganizada e com enormes dificuldades”, enfatizou.

O TCM destacou que Ilhéus cumpriu as obrigações constitucionais e legais e que todos os percentuais de investimento foram atendidos. Segundo o parecer divulgado no site do TCM, o prefeito Mário Alexandre “aplicou 25,59% da receita resultante de impostos e de transferências na manutenção e desenvolvimento do ensino no município, quando o mínimo é 25%, e aplicou nas ações e serviços públicos de saúde 16,05% dos recursos específicos para este fim, superando o mínimo exigido de 15%. Também foram investidos 95,16% dos recursos do FUNDEB no pagamento dos profissionais do magistério, quando o mínimo é 60%”.

O TCM entendeu que o prefeito Mário Alexandre “ainda no primeiro ano do seu mandato, comprovou a adoção de medidas específicas para promover a redução da despesa total com pessoal”, embora recomende que o prefeito reconduza as despesas, a fim de evitar problemas nas contas futuras. Desde 2012, as despesas com pessoal na Prefeitura de Ilhéus ultrapassam o limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Além disso, os investimentos em saúde e educação estavam abaixo dos limites determinados pela Constituição Federal, até a gestão de 2016.

Leia mais...

RUI GARANTE 13º E ANUNCIA ANTECIPAÇÃO DE SALÁRIOS DOS SERVIDORES

O Governo do Estado vai antecipar o salário de dezembro dos servidores. A informação foi anunciada pelo governador Rui Costa na noite desta terça-feira (18), durante o programa #PapoCorreria, transmitido ao vivo pelas redes sociais.

Inicialmente previsto para o dia 28 (último dia útil do ano), o pagamento será realizado já na próxima sexta-feira (21). Um dia antes, na quinta (20), o funcionalismo estadual receberá também a segunda parcela do 13º salário, que também foi assegurada pelo governador durante o programa.

Leia mais...

ITABUNA: CÂMARA CONCLUI VOTAÇÃO DA MUDANÇA DO REGIME JURÍDICO NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

Na próxima segunda, 24, às 9h, o Legislativo de Itabuna concluirá a votação do projeto de lei que dispõe sobre o regime jurídico único para os servidores municipais. A sessão extraordinária foi convocada hoje, 18, pelo prefeito Fernando Gomes, pouco depois da desembargadora Carmem Lúcia Pinheiro derrubar a decisão liminar que, desde setembro passado, impedia a tramitação do projeto.

Agora, a Casa de Leis itabunense vai apreciar em segundo turno a migração do regime jurídico (de celetista para estatutário). Em 05 de setembro, o Plenário, por 11 votos a dez, aprovou o texto emendado (150 alterações distribuídas por 35 emendas). O projeto do Executivo, que também institui o Estatuto do Servidor, tramita na Casa desde 13 de junho deste ano (188 dias).

Dois mandados de segurança foram impetrados contra os tramites legislativos do regime jurídico. Primeiro, sindicatos sustentaram a inconstitucionalidade pela ausência de participação dos servidores na elaboração do projeto; depois Jairo Araújo (PCdoB) alegou a nulidade da tramitação na Casa apontando, entre outras causas, a falta de relatório de impacto financeiro e dos pareceres de comissões. Nas duas vezes, a Justiça baiana decidiu favorável ao Legislativo liberando a tramitação.

Leia mais...

LEUR LOMANTO COMEMORA DIPLOMAÇÃO E AGRADECE A CONFIANÇA DE MAIS DE 82 MIL ELEITORES

Emoção e aplausos marcaram a entrega do diploma de eleito para deputado federal a Leur Lomanto Jr (DEM), hoje (17/12), durante a cerimônia, realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), no Teatro Castro Alves (TCA), na capital baiana. Após o ato, o deputado agradeceu a confiança dos baianos que o elegeram com 82.110 mil votos e toda a torcida para que a sua vaga fosse confirmada pelo Tribunal, concretizando a sua conquista nas urnas.

O deputado participou da diplomação ao lado da família, sendo parabenizado por amigos e aliados. Muitos presentes fizeram questão de cumprimentar o deputado.

“Hoje é um dia inesquecível em minha vida, principalmente na minha trajetória como homem público. Agradeço a Deus, aos meus familiares, amigos espalhados por toda Bahia que confiaram em mim para exercer o mandato de deputado federal a partir de 2019. Despeço-me da Assembleia Legislativa da Bahia com a sensação de dever cumprido, com o coração aberto e a consciência tranquila, de que fiz o melhor que pude em favor do povo baiano. Foram três mandatos de muito aprendizado. Agora sigo rumo ao desafio de representar a Bahia, na Câmara Federal. Quero muito retribuir o carinho e a confiança das pessoas com muito trabalho, levando emendas e recursos para os municípios e colocando os interesses da da população em primeiro lugar ”, enfatizou.

Leia mais...

ITABUNA: COM A LOA 2019 APROVADA, VEREADORES ENTRAM EM RECESSO

Alterada com três emendas, a Lei Orçamentária Anual (LOA) de Itabuna foi aprovada, por unanimidade, nessa quinta, 13. Regimentalmente, o Legislativo entrou no recesso parlamentar, só retomando as sessões ordinárias em 15 de fevereiro de 2019. Durante essa pausa, porém, ocorrerá a sessão especial para posse da nova Mesa Diretora, em 02 de janeiro.

Na LOA 2019, o Governo estima R$ 628,7 milhões de receita e obteve aval da Câmara para remanejar até 35% desse montante. O prefeito havia pedido autorização de 50% para o remanejamento, mas prevaleceu o percentual sugerido por Aldenes Meira (PCdoB), aprovado após o Plenário rejeitar emenda de Júnior Brandão (PT), a qual propunha 10% de suplementação.

A segunda emenda acatada pelo Plenário, proposta por Brandão, fixa prazo (10/12 de cada exercício financeiro) e limite (15% da Receita Corrente) para liquidação de despesas com operações de créditos por antecipação da receita (ARO). Aldenes emplacou outra emenda, dessa vez realocando recursos para recuperação de estradas rurais e fomento à agricultura familiar.

Ainda durante a discussão da matéria em Plenário, Charliane Sousa (PTB) e Babá Cearense (PHS) retiraram suas emendas à LOA 2019.

O projeto da LOA seguiu para sanção, ou veto, do prefeito Fernando Gomes.

Vetos

Por maioria, o Plenário derrubou o veto parcial sobre o Fundo Municipal de Educação de Itabuna (FMEI). Os vereadores asseguraram a criação do Conselho Diretor, órgão proposto por Babá Cearense. Para o Executivo, no entanto, um novo conselho para disciplinar o Fundo era desnecessário, “devido a existência do Conselho de Acompanhamento Social do Fundeb – CACS.”

Na semana passada, veto parcial sobre as Diretrizes Orçamentário (LDO 2018) foi apreciado e mantido pela Casa. O Executivo barrou emenda de Júnior Brandão que, entre outras coisas, condicionava alterações orçamentárias ao julgamento do Departamento de Planejamento Econômico. O próprio vereador concordou com as razões do veto.

Leia mais...

ITABUNA: PREFEITURA DIZ QUE NÃO TEM INFORMAÇÕES SOBRE FOLHA DE PAGAMENTO DA BIOSANEAR

A Prefeitura de Itabuna, por meio do Secretário de Administração, Son Gomes, negou as informações solicitadas pelo vereador Enderson Guinho (PDT), em requerimento, para que fosse disponibilizada a planilha da folha de pagamento dos funcionários contratados da empresa que presta serviços de limpeza pública no município. A alegação do secretário é que a Biosanear Tecnologia é uma empresa privada, e a prefeitura não tem acesso a tais informações.

O Vereador Enderson Guinho disse que o serviço de coleta e destinação do lixo é uma concessão pública, portanto o poder público municipal, obrigatoriamente, deveria ter acesso. Guinho adiantou que vai anexar o requerimento e a resposta e ingressar com ação judicial.

Leia mais...

MARÃO VAI A BRASÍLIA EM BUSCA DE RECURSOS PARA O TURISMO, SAÚDE E INFRAESTRUTURA

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, está em Brasília desde quarta-feira (12), onde visitou os ministérios das Cidades, Saúde e Turismo, em busca de recursos para ampliação da rede hospitalar do município, obras de pavimentação e humanização da cidade e conclusão do projeto Orla Sul.

Acompanhado do deputado Claudio Cajado, o prefeito foi recebido pelo ministro da saúde, Gilberto Occhi, com quem tratou sobre mais aporte para ampliar o setor de oncologia da Santa Casa de Misericórdia e unidades de atendimento de urgência e emergência em Ilhéus.

Otimista com o interesse do ministro da Saúde em atender aos pleitos de Ilhéus, o prefeito enfatizou os avanços do setor na cidade. “Estamos trabalhando de dezembro a dezembro para melhorar o atendimento de saúde cada vez mais, como já fizemos com a UPA da Zona Sul, o PA da Conquista e a recuperação de vários postos da atenção básica”.

No Ministério das Cidades, o prefeito abordou os projetos de pavimentação e humanização de Ilhéus e no Ministério do Turismo, acompanhou os trâmites para a conclusão da obra da Orla Sul. “Resgatamos essa obra que se encontrava paralisada há mais de 10 anos, e entregaremos à população este importante equipamento para o turismo, esporte e lazer, até junho do próximo ano”, comemorou.

Leia mais...

LULA BRANDÃO VAI A BRASÍLIA EM BUSCA DE AJUDA PARA IBICARAÍ

O prefeito de Ibicaraí, Lula Brandão, acompanhado do secretário municipal de Finanças e Planejamento, Flávio Campos, estiveram na tarde de ontem, quarta-feira, dia 12, no Ministério da Integração Nacional, em Brasília (Capital Federal), e visitaram a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, onde foram recebidos pelo Chefe de Gabinete Wesley Felinto.

A visita do prefeito foi em caráter emergencial para buscar junto ao Governo Federal o reconhecimento para a situação de emergência pela qual encontra-se o município de Ibicaraí em decorrência das fortes chuvas que caíram em toda a região cacaueira e em especial em Ibicaraí. Na oportunidade o prefeito mostrou um relatório feito pela Defesa Civil local que foi passado para a Defesa Civil do Estado da Bahia que já analisou e passou o parecer para a União. Nesse documento mostra os estragos feitos pelas chuvas, entre outras coisas, centenas de moradores que perderam tudo o que tinham, além da situação de dezenas de desabrigados que perderam suas moradias.

Brandão salientou ainda a importância do Governo do Estado que mandou a Coordenadora da Defesa Civil Estadual, Taíse Silva na manhã da última terça-feira, 11 para averiguar a real situação do município. O município contou ainda com a ajuda do Técnico de Defesa Civil, Fernando Lucas, que juntamente com a equipe local forneceu todo o suporte necessário a Taíse Silva.

Em virtude do momento crítico pelo qual passa o município, o prefeito Lula Brandão pediu ao Chefe de Gabinete Wesley Felinto, toda atenção possível na análise dos documentos mostrados, pois o município precisa de ajuda para sair dessa situação caótica em que se encontra. “Estamos aqui hoje, pois nossa querida Ibicaraí precisa de ajuda. Os bairros periféricos e distritos foram muito castigados e o município não tem receita para resolver todas as demandas. Existe todo empenho da Secretaria de Assistência Social e das outras secretarias, além de grupos de amigos e pessoas que fazem pequenas doações, mas é insuficiente para resolver os problemas maiores e de ordem estrutural. A situação é crítica e precisamos de ajuda do Estado e do Governo Federal”, disse o prefeito.

Leia mais...

OPOSIÇÃO CONDENA PROJETO DO GOVERNO QUE REDUZ GRATIFICAÇÕES DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA ESTADUAL

Depois de aprovar a reforma administrativa, que aumenta a contribuição do servidor público para a Previdência de 12% para 14%, com incremento de quase 17% no valor líquido do salário e que reduz o repasse no Planserv de 4% para 2%, o Governo Rui Costa (PT) quer passar mais outro projeto que deve reduzir o ganho dos professores estaduais. Foi aprovado o requerimento de regime de urgência da proposta nº 22.985/2018, que visa diminuir o percentual das gratificações para docentes com cursos de aperfeiçoamento. A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia considerou absurda a alteração e apresentou hoje (13/12), uma emenda ao projeto, mantendo os benefícios dos professores. O Governo entrou com o projeto na Casa na última segunda-feira e aprovou sem nenhum debate a urgência, na sessão da última quarta-feira, com pretensão de dar um desfecho final a matéria, na votação da próxima semana.

Atualmente, professores com cursos de aperfeiçoamento, com duração de carga horária a partir de 80 horas até 360 horas têm direito a uma gratificação que varia entre 5% a 15%. Além disso, aqueles com diploma de mestrado ganham 20% e com doutorado têm gratificação de 25% sobre os salários básicos.

Pelo projeto apresentado na Assembleia, o governador Rui Costa (PT) propõe mudar esses percentuais. Dessa forma, professores passam a ganhar 10% pela conclusão de pós-graduação, mas o curso deve ter duração mínima de 360 horas. Ele reduz de 20% para 15% a gratificação daqueles com mestrado e de 25% para 20% aqueles com doutorado, ou seja, o Governo elimina as gratificações para cursos com duração de menos de 360 horas e reduz também as demais gratificações para aqueles professores que se especializaram.

“O Governo que pregava a justiça social em seus discursos e propagandas tem tomado medidas muito duras contra os trabalhadores do estado. Depois de promover uma reforma administrativa, aprovando projetos às pressas, sem nenhum tipo de transparência, o governador apresenta mais outro presente de grego, dessa vez, em especial para os servidores da Educação. A redução dessas gratificações significa mais redução de salário. Nunca vimos um governo em que o salário dos servidores tenha diminuído. Esse precedente grave e inconstitucional o Governo tem praticado aqui na Bahia. A Oposição apresenta essa emenda suprimindo essas alterações e espera que o Governo tenha a sensibilidade para atender esse pedido”, afirmou o líder da Bancada, deputado Luciano Ribeiro (DEM).

Leia mais...

CÂMARA APROVA PROJETO QUE INSTITUI INTERNET BANDA LARGA NAS ESCOLAS PÚBLICAS

“Nos tempos atuais, prejudicamos nossos alunos quando não oferecemos a eles o acesso à internet banda larga. Usar a tecnologia a favor da pedagogia é um grande passo na educação brasileira”. O argumento foi usado pelo deputado federal Bacelar (PODE/BA), relator do projeto que institui a política de inovação “Educação Conectada”, com parecer favorável. A iniciativa vai promover a universalização do acesso à internet em alta velocidade no país e fomentar a utilização das tecnologias digitais na educação básica. O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (13), e segue para o Senado.

Bacelar destacou que o projeto atende uma das metas e estratégias do Plano Nacional de Educação (PNE) e irá suprir uma grave deficiência na educação pública. Segundo ele, 70% das escolas de ensino básico não têm acesso à internet banda larga, número insuficiente para suprir as necessidades mínimas de qualquer instituição de ensino no apoio pedagógico. “Não se trata apenas de entregar equipamentos e de promover acesso à rede. É preciso preparar nossos jovens para interagir com uma realidade que se renova a cada dia”, alertou o deputado do Podemos.

Leia mais...

VEREADORES VOTARÃO ORÇAMENTO 2019 DE ITABUNA NESTA QUINTA, 13

Encerrando o ano legislativo, o Plenário apreciará nesta quinta-feira, 13, o Orçamento 2019 de Itabuna. O relator Ronaldão (PMN) emitiu hoje, 12, voto favorável à peça orçamentária anual do Executivo, sendo acompanhado pela maioria dos vereadores nas Comissões Permanentes (apenas Guinho/PDT e Babá Cearense/PHS rejeitaram o relatório).

A receita itabunense em 2019 está estimada em R$ 628,7 milhões. No projeto, o prefeito Fernando Gomes pede autorização da Câmara para suplementar a LOA em 50%, via créditos adicionais. Júnior Brandão (PT), contudo, sugeriu 10% – a emenda será deliberada pelo Plenário; também emendarem a LOA, Charliane Sousa (PTB), Aldenes Meira (PCdoB) e Babá – todas dependem da decisão plenária.

Leia mais...

ALBA APROVA REFORMA ADMINISTRATIVA ENVIADA POR RUI COSTA

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aprovou em votação simbólica os dois projetos de lei enviados pelo Poder Executivo. Um deles promove a reforma administrativa do Estado, e o outro altera as taxas do setor de transporte e também aumenta a contribuição previdenciária do servidor público. A apreciação foi realizada em sessão extraordinária, convocada para esta quarta-feira (12).

O Projeto de Lei 22.975/2018 trata da reestruturação da administração, extingue a Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic) e o Centro Industrial do Subaé (CIS), autoriza o Executivo a extinguir a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e a promover a alienação onerosa de sua participação no capital societário da Empresa Baiana de Pesca (Bahia Pesca).

CARGOS

A matéria também prevê a extinção de 1.834 cargos em comissão no governo e criação de outros 1.615. Um ponto do projeto que enfrentou forte resistência do funcionalismo público e de entidades sindicais estava no seu Artigo 11, pois prevê a redução do repasse financeiro do Executivo para o Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais (Planserv) de 4% para 2%. O texto foi relatado em plenário pelo deputado Manassés (PSD).

Outro projeto aprovado que levantou polêmica foi o de 22.971/2018, que trata de alterações em taxas cobradas em serviços de transporte, no âmbito da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), mas também aumenta a alíquota de contribuição previdenciária do servidor público de 12% para 14%. A matéria teve como relator o deputado Rosemberg Pinto (PT).

INCENTIVOS

Foi aprovada ainda a proposta 22.944/2018, de autoria do governo estadual, e que trata da convalidação dos incentivos fiscais que já são oferecidos ao parque industrial baiano. Também foi aprovado o projeto de lei do Executivo de número 22.964/2018, que dispõe sobre a Política Estadual de Recursos Hídricos e o Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos.

Os deputados aprovaram ainda o Projeto de Lei número 22.983/2018, que versa sobre o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) para estabelecimento que exerça a atividade econômica de fabricação de produtos do refino de petróleo e de gás natural.

Leia mais...

IPIAÚ: CONTAS DE MARIA DAS GRAÇAS SÃO APROVADAS COM RESSALVAS

Na sessão de terça-feira (11), o Tribunal de Contas dos Municípios aprovou com ressalvas as contas da Prefeitura de Ipiaú, da responsabilidade de Maria das Graças Mendonça, referentes ao exercício de 2017. O relator do parecer, conselheiro substituto Cláudio Ventin multou a gestora em R$5 mil pelas irregularidades apuradas durante o exame das contas.

O município de Ipiaú apresentou uma receita arrecadada no montante de R$72.137.589,80 e realizou despesas na ordem de R$74.410.930,20, o que indica um déficit de R$2.273.340,40. A despesa total com pessoal representou 53,36% da receita corrente líquida do município, cumprindo, portanto, o limite de 54% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Sobre as obrigações constitucionais e legais, a prefeita cumpriu todos os índices exigidos. Na manutenção e desenvolvimento do ensino foram investidos 25,88% da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de transferências, cumprindo o mínimo de 25%. Já nas ações e serviços públicos de saúde o investimento foi de 19,29% dos impostos e transferências, superando, portanto, o mínimo de 15%. E, na remuneração dos profissionais do magistério foram aplicados 73,82% dos recursos originários do FUNDEB, sendo o mínimo exigido 60%.

Cabe recurso da decisão.

Leia mais...

BACELAR COMEMORA ARQUIVAMENTO DO PROJETO ESCOLA SEM PARTIDO E REAFIRMA APOIO AOS PROFESSORES

Após 12 sessões com debates acirrados na Câmara Federal,  o deputado Bacelar (Podemos-BA) comemorou, nesta terça-feira (11),  o fim dos trabalhos da comissão especial que analisava o projeto Escola sem Partido e o arquivamento da matéria. “É um triunfo muito grande. Os favoráveis ao projeto eram maioria na comissão, mas a oposição nunca desistiu. Estávamos sempre presentes, debatendo, discutindo, impedindo que essa proposta que tentava intimidar o professor fosse adiante”, ressaltou.

Bacelar afirmou que vai continuar defendendo os direitos dos professores e a educação sem censura, no segundo mandato. “Teremos novas batalhas na próxima legislatura, mas nunca iremos desistir dessa luta, que é garantir educação de qualidade aos nossos jovens ”.

 

Leia mais...

OPOSIÇÃO FORMALIZA APOIO A NELSON LEAL PARA A PRESIDÊNCIA DA ASSEMBLEIA

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia oficializou nesta terça-feira (11), durante reunião na sala da Liderança da Minoria, na Casa, o apoio ao deputado Nelson Leal (PP) para presidente do Poder Legislativo, na eleição que definirá os ocupantes da Mesa Diretora para o período de 2019-2021. Participaram da reunião, parlamentares que compõem a atual Bancada e aqueles que devem compor o grupo a partir do dia 1 de fevereiro de 2019.  Presente no encontro, Leal agradeceu a confiança e o apoio da Oposição.

Um dos responsáveis por conduzir as articulações entre a Bancada e o candidato, o deputado Sandro Régis (DEM), afirmou que o progressista foi aquele que mais reuniu condições para ser o líder do Parlamento a partir de 2019. Segundo o democrata, o grupo vai levantar as pautas que considera importantes para apresentar ao postulante.

“O deputado Nelson Leal recebe o apoio oficial da Oposição com uma conversa muito firme relacionada a um novo formato de administrar a Casa e sobre a necessidade de aproximar mais a Casa da sociedade. Foi o candidato que mais demonstrou preocupação em reservar e proteger os espaços constitucionais da Oposição”, justificou.

O deputado Tom Araújo (DEM), enfatizou as expectativas, em relação a nova presidência da Assembleia, principalmente com uma administração mais enxuta e que atenda as cobranças da sociedade. Tom destacou as boas relações construídas por Nelson Leal com os pares da Casa, além da posição clara referente ao fortalecimento e a independência do Legislativo e o respeito aos espaços da Oposição, como fatores que contribuíram para o acordo em torno do seu nome.

O democrata frisou o anseio do grupo para que o novo presidente ajude abrace a luta pelo cumprimento das emendas impositivas. “Esperamos que haja uma ação mais efetiva para que as emendas sejam respeitadas, conforme a lei, lembrando que as emendas não são para os deputados, mas existem em favor daqueles que confiam na atuação dos parlamentares”, ressaltou.

Deputados eleitos pela primeira vez ao Parlamento também participaram da reunião e reforçaram o a unidade e a motivação do grupo em torno da escolha do candidato. “Inicialmente todos os deputados colocaram entre os pontos importantes, o cumprimento do regimento interno, as emendas impositivas e a distribuição do espaço”, disse Capitão Aldén (PSL). A recém eleita, Talita Oliveira (PSL), acrescentou que a Oposição tem uma voz na Assembleia e a sua participação será no sentido de cobrar melhorias. “O deputado Nelson está sendo aberto em ouvir as demandas. Vamos continuar esse diálogo para que todos sejam atendidos”, afirmou. Pastor Tom (Patriota) também endossou que o progressista mostrou ser no momento o nome mais adequado para representar o comando do Poder Legislativo Baiano.

Leia mais...